Lions Clubs International

Área 3 - América Latina e Caribe
Distritos Múltiplos "L" - Brasil

Distrito Múltiplo LD

Home

Distritos Múltiplos "L"

Diretoria Internacional

Distrito Múltiplo LD

ASSESSORIA DEFESA CIVIL

 DISTRITO MÚLTIPLO LD

2.016 2.017

 

PDG Danilo Pacheco Escaramusa
Assessor de Defesa Civil DMLD

 

veja quadro de ALERTAS

 


"Defesa civil é o conjunto de
ações preventivas,
de socorro,
assistenciais e
recuperativas
destinadas a evitar desastres e
minimizar seus impactos
para a população e
restabelecer a normalidade social”.


A Assessoria de Defesa recomenda: 
Consulte o Site da Defesa Civil do seu Estado e fique bem informado - "Previna-se"

http://www.defesacivil.sc.gov.br/
http://www.defesacivil.rs.gov.br/inicial 
http://www.defesacivil.pr.gov.br/


COMO SE PREPARAR PARA ENFRENTAR DESASTRES?

Defesa Civil Paraná

Neste GUIA DE PROCEDIMENTOS PARA AÇÕES DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL, da Defesa Civil do Estado do Paraná vamos encontrar as respostas para esta pergunta.

Encaminho este material para que os interessados possam consultar. O material contém noções de Defesa Civil que são muito importante.

A nossa sugestão é de que cada Lions Clube indique um representante para participar, como voluntário, da Defesa Civil.

Assim, o Lions Clube estará sempre informado sobre os acontecimentos e poderá participar ativamente das ações de Defesa Civil do seu Município, quando necessário.

Veja o Guia clicando aqui (em PDF).

 

ALERTAS REGISTRADOS PELA ASSESSORIA

ALERTAS CLIMATEMPO Alto risco de temporais no Sul do BR

09-03-2017 por Aline Tochio

A passagem de duas frentes frias até o domingo, 12 de março, e um forte sistema baixa pressão atmosférica sobre o norte da Argentina geram nuvens bastante carregadas que se espalham sobre a Região Sul do Brasil nos próximos dias.

A Climatempo alerta para o risco de tempestades com chuva forte e volumosa, possibilidade de queda de granizo e ventos intensos, com rajadas de 70km/h a 100km/h.

Para o dia 9 de março, quinta-feira, o alerta é para tempestades no Rio Grande do Sul.

No dia 10 de março, sexta-feira, os temporais poderão ocorrer no Rio Grande do Sul, no oeste e sul de Santa Catarina e no sudoeste e sul do Paraná.

No sábado, 11 de março, é baixo o risco de temporais na Região Sul, mas no domingo, 12, toda a região volta a ter alto risco de tempestades.

 

19/10/2016: 9h Defesa Civil Santa Catarina

AVISO METEOROLÓGICO 18/10/2016 - EPAGRI/CIRAM
RISCO DE TEMPORAIS ISOLADOS - RAJADAS FORTES DE VENTO - RAIOS - GRANIZO ISOLADO EM SC !
Nesta terça e quarta-feira (18 e 19/10) persiste a condição de pancadas de chuva com descargas elétricas (raios) em todo o Estado e temporais com ventania e granizo isolado (rajadas em torno de 60 a 90 km/h), especialmente do Oeste ao Planalto e no Vale do Itajaí. Esta instabilidade está associada a uma massa de ar quente e úmido que predomina em SC.
Na quinta-feira (20/10) ainda há chance de temporais isolados na madrugada nas regiões Oeste, Meio Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul, e no período da manhã e tarde nas demais regiões, por influência de um sistema de baixa pressão que desloca para o oceano. No decorrer do dia e no fim da semana, diminui a condição de temporais em SC.
Acompanhe diariamente os avisos meteorológicos diários e de curto prazo (2 a 3 h de antecedência) nas redes sociais e páginas oficiais da SDC e EPAGRI/CIRAM.
-------------------------------------------------------------------------------------
Recomendações da Defesa Civil SC:
Tempestades com descargas elétricas (raios) e ventos fortes: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Não olhe para o raio. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!
-------------------------------------------------------------------------------------
Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.


CLIQUE PARA SABER MAIS:

06/10/2016: Risco de temporal no interior do RS

ALERTA

 


Curso sobre Defesa Civil
Capacitação em Defesa Civil

Conheca a obra completa:

“Capacitação Básica em DEFESA CIVIL”

do  Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres  da Universidade Federal de Santa Catarina, Secretaria Nacional de Defesa Civil.

O Ministério da Integração Nacional disponibilizou o curso de

Capacitação Básica em Defesa Civil

que teve por base a obra citada que pode ser obtida clicando-se na figura ao lado.

   

O que faz a Defesa Civil?

 

Defesa CivilQuando as chuvas ocorrem e quando há emergências e situações de risco, um nome sempre aparece nos jornais e na TV: a Defesa Civil. Ela resgata, transporta e alerta moradores que estejam em áreas com risco de inundação.

O que é a Defesa Civil?

É um organismo que serve para orientar e ajudar a população em caso de desastres, sejam chuvas ou outras situações de risco.

Ela é da prefeitura?

Também. A Defesa Civil existe nos três níveis de governo: municipal, estadual e federal. Dentro do governo federal existe uma secretaria especial só para isso, chamada de Secretaria Nacional de Defesa Civil (SEDEC).

Quem trabalha na Defesa Civil?

Existem voluntários, bombeiros, policiais e outros especialistas como engenheiros, por exemplo.

Eu posso ser voluntário?

Pode, qualquer um pode se inscrever para ajudar.

Ela existe só no Brasil?

Não, vários países do mundo têm um dispositivo parecido, que leva diferentes nomes. Proteção civil e gestão de emergências são alguns deles.

Dá para ligar para ela caso eu precise?

Sim. O telefone é o 199. A Defesa Civil de São Paulo tem até uma conta no Twitter, onde emite alertas sobre temporais e possíveis inundações na cidade.

 

Desastre ocorrido na cidade de Xanxerê, SC 2015/16

Saudações a todos os Companheiros e Companheiras,

Como Assessor de Defesa Civil do Distrito Múltiplo LD, e em vista do desastre ocorrido na cidade de Xanxerê, SC em 2014, com um tornado que, de acordo com os dados e informações dos meteorologistas do Centro de Recursos Ambientais do Estado (CIRAM), os ventos causaram destruição e morte e passaram dos 200 km/h.

Pelo menos 2,6 mil edificações sofreram algum tipo de dano em seis bairros do município de Xanxerê, no oeste de Santa Catarina. A força da tempestade arrancou cinco torres de energia elétrica, afetando 200 mil unidades consumidoras. O município sofre com problemas no abastecimento de água, energia e sinal de telefonia. Um ginásio desabou.

Leonisticamente

CL Ireneo Valdir dos Santos/CªL
PDG Ester Giraldi
Assessor de Defesa Civil DMLD 2015 2016